Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Aquele cara lá (o solitário)

Eu tinha que ser solitário
Muito solitário mesmo,
Tipo aquele cara lá
[nos percalços
De um caminho a esmo...
Tão desconhecido a si mesmo

Ele,
Que no pensamento do calo
Tem seu pé dolorido desde o começo
Segue a vida no talo
Naquela ordem do caos ao averso,

Eu imagino que assim,
[se eu fosse ele,
Poderia no inteiro da vida
Ser bem estranho no espelho
E quem sabe
Dos meus amigos de poesia
[talvez,
Ganhasse mais respeito,

Uma vez,
[sabe-se bem
Que a voz quanto mais estranha
Mais alcança
Aquilo que não me convem]


Porém,
[confesso,
Há uma solidão que menosprezo,
Não porque é romântica
[por sinal
Mas por aquilo que mais prezo
Um sentimento real!

E quem vai negar
[que o amor deva ser solitário?
Eu queria mesmo
Ser aquele cara lá
Mas somente no caminho do percalço

Nenhum comentário:

Postar um comentário