Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Cinema Italiano

Tive uma volúpia neo-realista
Pós-moderna
Reacionária
Foi no dia Rocco e seus irmãos
Invadiram minha vista
Sem permissão
De lá para cá
Tive essa volúpia
De achar Milão puro desejo
E pior
Não dá o mesmo tesão
Quando vejo Roma e seu oito e meio
Sei lá,
Vai ver que é por pôr Fellini
Nos olhos do coração
Que fiquei desse jeito,
Agora
Todo cinema italiano
Me é um tanto quanto um sonho derradeiro
Parnasiano que é
Faz da volúpia o meu eterno desejo

Nenhum comentário:

Postar um comentário