Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Crise de Espírito

Estava por ai,
                     dia desses,
a transbordar almas no rio...
Mas o rio estava cheio,
                               desde a seis da manhã.
Peguei a senha e esperei...
O caronte
(dono de toda essa esperança)
Chegou como rei
E proclamando seu trono diante dos súditos
Disse no alto falante:
- Chega de jogar almas nesse rio,
Quem vocês pensam que são?
Estão enchendo-o com vazio
E todo dia ele transborda sem nenhuma emoção!
Acham que devo levar isso para onde?
Se até no horizonte,
Definha-se esse nosso rio...
Eu sei que sou Caronte
Mas não sou pago para receber esse monte
De alma sem espírito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário