Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

O bom de falar mal dos outros pelas costas

Como é bom falar mal dos outros pelas costas
Obscenizar pequenos gestos poético
com o dedo médio da mão esquerda...
Prender, com isso,
todo ar em sua bochecha
ao ponto de um infravermelho
tonalizar sua pele
na cor de um diabo-capelo...
como é bom falar mal dos outros pelas costas...

Pelas costas, sim,
Porque covardia também é poesia
Pois não é covarde esperar o momento certo
De dizer todo ódio em silêncio à pessoa certa
Porque tudo na vida tem seu tempo
Oras,
Todos na vida tem sua costa aberta
Com um grande ouvido calado
Ouvindo um grito abafado...
Tudo no mais poético som da fúria
Ah...
O gesto...
O gesto de uma imagem de mil palavras
Será que eu poderia ser assim tão patético
Só por esperar o tempo certo
De dizer algo a uma pessoa odiada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário