Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

A poesia em guardanapos

Sentou-se a mesa
Serviu-se o menu
Decidiu-se a sobremesa

Três copos sujos
Três cervejas
Um assunto

Chegou-se o pastel
Alimentou-se de verbos
E a lâmpada ligou o céu

Uma poesia
Quatro da manhã
Uma boemia

Um guardanapo
Três poetas
Um papo

Talvez fosse a razão da vida
O segredo do universo
Aquela coisa do céu...
Mas, bem...
Seja lá qual foi a poesia
Sumiu lá na gordura daquele pastel

Nenhum comentário:

Postar um comentário