Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Resumo


Quando me perguntam sobre a vida
Costumo responder:
“A vida é um resumo da morte”
Isso mesmo,
Resumo da morte.
O pouco que se vive,
Sessenta, oitenta, ou três anos,
É apenas uma versão curta da eternidade,
Ou seja, um resumo.
Quando me perguntam sobre a minha vida,
É outra coisa,
costumo dizer assim:
“Que eu sou um resumo de mim mesmo”
Sim,
Uma versão compacta das melhores coisas
De uma existência batestiriana,
Porém,
Como poucos são batestin,
Fica difícil olhar minha alma,
Daí então,
Digo que ser um resumo de si mesmo
É mais ou menos como ser fanzine,
Pequeno, mal impresso,
E com apenas um leitor fanático.
No meu caso, eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário