Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Teoria do Caos


Segundo me consta,
Uma borboleta é responsável por um furacão.
Oras,
Se pela lógica,
Elas, que para serem borboletas,
Um dia teve que ser lagarta,
Hão de se assemelhar a mim...

Eu também sou uma espécie de transmutação,
Para ser eu,
um dia tive que ser menino,
e para ser menino,
um dia tive que ser um feto.
O problema de toda essa retórica,
É que não causo nada,
Nem furacão, nem terremoto,
Nem a mais simples garoa de São Paulo.
Então, por que somente às borboletas
É que se cabe a responsabilidade
Dessas terríveis e poéticas tempestades?

Nenhum comentário:

Postar um comentário