Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Aquela sustentável tonelada de ser...

Eu queria a vida numa trepada,
Num redemoinho pornográfico de coisas abstratas...
E que cada orgasmo fosse uma palavra,
Cada suspiro uma gozada,
Cada gozo uma eterna oração subordinada,
E cada oração,
Uma suplica entrega divina do nada...

Sim, eu queria a vida numa trepada,
Num todo instante eterno,
De um gozo orgânico de palavras...
E o que o verbo: FAÇA!
Seja além de uma ação,
O interminável modo de dizer:
(após uma boa gozada)
Refaça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário