Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Dessas coisas moderninhas


Dessas coisas moderninhas,
Gosto mesmo,
São das teclas de atalho...
Na verdade,
Gostaria que houvesse em minha vida,
Esses comandos tão simples e fáceis de memorizar...

Um CTRL mais SHIT,
E todo café da manhã
Acionara aqueles comandos
Cheios de cafeína
Em minha alma...

Ou...

Um ALT mais SHIT,
E toda aquela imagem do espelho
Dividirá a tela dos meus olhos
Ao meio...

Ah sim,
Minha vida é uma máquina,
Composta por tantas pecinhas,
Algumas originais
outras compatíveis,
Que se houver uma troca,
Qualquer que seja,
O sistema começa a falhar...

Tão máquina é essa vida
Que a única tecla de atalho
Que funciona, realmente,
É essa entre o poema que escrevo,
E esses teus olhos que o lêem...

Nenhum comentário:

Postar um comentário