Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Manhã de amor

Ah...
Quem não queria acordar todo dia,
Pela manhã,
Sabendo que o ar
Que respira
É de amor...
Amor puro, simples,
Como o cafezinho que queima a delicada língua...
Quem é que não queria
Acordar, terrivelmente, feliz
Pela manha, de todo santo dia,
Sabendo que o amor está tudo o que pode ser visto...
Pena, mas peninha mesmo,
que sou cego
e amor cego é um outro poema que eu escrevi...

Nenhum comentário:

Postar um comentário