Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

A Menina de Olhos Azuis


Esses teus olhos azuis,
Azuis da cor do céu de Belo Horizonte,
Azuis como a montanha celeste,
Vidra-me em uma obsessão poética...
Dá uma vontade enorme,
de recolher todo algodão doce,
Dessas tuas nuvens
Que insistem em cobrir vosso rosto,
Antes das tempestades...
Oh menina, não chore, não...
Vou construir uma máquina
Capaz de enxugar tuas nuvens,
E apaziguar todo esse prefácio atemporal...
E quando, mesmo assim,
Uma lágrima persistir,
Vai sair azul.
Tão azul,
Que vão achar,
Os mais especialistas,
Que é desse jeito que nascem os oceanos,
E vão batizar teu planto,
Simplesmente de Planeta Azul...

Nenhum comentário:

Postar um comentário