Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Excesso de Cuidado

De vez em quando,
Eu tenho esse importuno ato
De levar as coisas aos pés das letras.
Às vezes,
Só às vezes,
Acorrento-as.
Apenas para ter certeza
De que estão bem sincronizadas...
Não que isso seja uma maldade,
Maltrato,
Ou uma má fé...
Só não quero que minhas letras
Andem por ai,
Desacompanhadas
De alguma coisa em seus pés...

Nenhum comentário:

Postar um comentário