Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Aquele reflexo

Aquele lago me lê,
Ondulamente,
Me lê.
Como palavras,
Imagéticas,
Amontoadas
Em pequenas consoantes
E vogais,
Separadas por traço.
Não sei o que entende,
Não sei o que codifica,
Mas vou continuar
Jogando pedrinhas,
Independente da tranquilidade.
Apenas para que essas águas enegrecidas,
Sempre tenha um reflexo
Imaginativo
Dos olhos que a enxergam poetisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário