Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Intrometido

Deus, hoje,
Repôs alguns apliques no céu.
Desfez o arco-íris,
E alaranjou o pôr do sol.
O hoje,
O dia me pareceu um tanto triste.
Bem,
Como não sou um arquiteto do céu,
Construí uma nuvenzinha
E decidi repita-lo sozinho.
Pus um azul,
Num tom meio dourado,
Useis pasteis,
E outros tantos tons modernizados,
E fiz um por do sol mais amarelado.
Antes,
Porém,
De contar vitória,
Um raio,
Desses do além,
Rachou-me no céu redesenhado,
Só posso concluir,
que até o próprio Deus,
não gosta de alguém metendo o dedo onde não é chamado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário