Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Ossos do Ofício

Não era bobo, afinal,
Reconhecer o amor
De um ursinho de pelúcia...
Pois,
Na verdade,
Leva séculos
E séculos
Para que toda pelúcia
Revista o urso com amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário