Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Presente do céu


Quando por ventura
Achares certa bolsa na rua,
Com nada mais
Do que a infinitude de um nada,
Não te assustas,
- E não devolvas!
É um presente
Para quando visitar-me,
Tiver a certeza absoluta
De que cada nuvenzinha do céu
Não vai ser esquecida por falta de espaço!

Um comentário:

  1. MUITO BEM ESCRITO AMIGO....VÊ O MEU BLOG AI... ponteparaliberdadeii.blogspot.com

    ResponderExcluir