Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Psicopatia


Ah, como é bom estrangular a vida num pedacinho branco de papel!
Parece
Que a cada vez que aperto essas linhas,
Ela vai se borrando,
Aflita,
Como numa tenebrosa canção de inverno
Que ecoa gélida pelas montanhas do tempo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário