Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Do sigilo


Do sigilo que me pedes
Apenas a alma se revela
Grita, clama, branda
Mas ninguém a escuta
O silêncio é imperecível
Diante da incerteza das ondas

Nenhum comentário:

Postar um comentário