Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

Uma poesia alquimista



Uma poesia alquimista
Não é do tipo, bem...  Mágica como se suporia
É charlatona,
Traiçoeira,
E de memórias curtas,
Como bem disse o poeta.
Desvenda os segredos dos corações
Como se fosse arte,
Magia,
E aquele eu te amo
Acontecido entre pano
Vai de um encanto à um engano
Porque a poesia alquimista
Acha que a trapaça é mais bonita
E expõe o coração
Sem máscaras à vida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário