Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

O Infinito que se rompe



Há uma dor em meu infinito
No vão entre o ser e a alma.

O longo o céu de cores opostas
Prolongam as noites de minha alma,
um tormento ao abismo.

Qual é o impulso necessário para o precipício?

A virtude da existência
é um abalo sísmico da natureza
forças e reações
na moldura de uma alma.

E é isso, a alma...
O limite de cada elo
de cada invisível partícula
que compõe majestosamente
uma ferida no infinito...

E o infinito é a alma...
Sim. É verdade.
O impulso é uma intimidação do medo.
E é necessário o impulso,
o pulo, o risco.
O medo.
É necessário a queda,
o lasco,
Aquele voo infinito dos pássaros...
É necessário

Nenhum comentário:

Postar um comentário