Digite aqui qualquer palavra que faça surgir alguma poesia

O poeta é um bêbado


O poeta é um bêbado, mas
         um bêbado sem bebida
              um alcoólatra sem álcool
                    um chato com diversos assuntos
                     e talvez,
                      um louco com diversas loucuras

            mas, ainda que deguste -
          a sua maneira –
      desse inebriante líquido,
   é apenas  - por uma mera performance de palco –
que interpretar a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário